• domingo, 15 de novembro de 2015
    Inglês usa recortes de papéis para transformar a fotografia de lugares famosos

    Inglês usa recortes de papéis para transformar a fotografia de lugares famosos


    Os pontos turísticos estão espalhados nas grandes cidades de todo o mundo. Afinal, existe jeito mais fácil de constatar que estivemos ali sem fazer uma foto clássica de turista? Selfie na London Eye? Torre Eiffel na palma da mão? Esse não é o caso de Rich McCor. Conhecido como paperboyo, o inglês resolveu usar recortes de papéis e mudou a ideia de fotografia em lugares famosos. O resultado é lúdico e criativo! Confira:






    Suas brincadeiras com papéis estão rodando literalmente o mundo. A cada cidade que visita, o fotógrafo cria mais cenas e brinca com a perspectiva.







    Tudo começou quando Rich olhou para o Big Ben e viu naquele gigante a possibilidade de ser o seu relógio de pulso. Com a câmera na mão e o recorte de papel na outra, foi exatamente isso que aconteceu!



    Assim também foi o caso da cúpula de uma igreja se transforma em sorvete e um monumento famoso vira um boneco de lego. Sem contar cenas de filme e cenas cotidianas. Tudo vale!



    Estátua Sherlock Holmes, em Londres, ganhou uma lupa. A Estátua da Pequena Sereia, em Copenhagen, faz selfie, enquanto um barco coube direitinho dentro de uma “garrafa” em Af Chapman, Estocolmo.




    Por: HiperCirativo